Postagens em destaque

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Quando a violência nos bate a porta!

images Por muitas e muitas vezes defendi alguns vagabundos, pilantras, ladroes, assassinos e por aí vai, sempre disse que são para estes que Cristo morreu na cruz, que devemos ama-lós, e visita-lós…e ainda penso assim…, mas senti mais uma vez na pele a violência destes cruéis, no ultimo fim de semana, saí as pressas para o hospital pois recebi a noticia de que um de meus irmãos tinha sido esfaqueado nas costas, a Historia meio que mal contada é que que os dois se discutirão e que o fulano que é irmão da namorada do meu irmão foi em casa pegou uma faca e acertou duas vezes meu irmão pelas costas.

O fulano já foi preso por assalto a mão armada e estava na condicional, depois de esfaquear meu irmão, simplesmente fugiu, meu irmão está no hospital já fez uma cirurgia, e ainda sofre com o Dreno, pois perfurou o pulmão e há sangue espalhado e esse sangue tem que ser drenado.

Então meu dilema mais uma vez é qual mente devo usar: a minha – Que vagabundo tem mesmo é que morrer, ou a De Cristo – Ele veio para libertar os cativos!

É nesses momentos  que è tão difícil não ressuscitar o velho homem, é neste momento que vemos claramente Deus e o Diabo.

Deus Guardando a vida de seus filhos e o diabo gladiando com a vida dos que não sabem que são filhos de Deus.


Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

5 comentários: on "Quando a violência nos bate a porta!"

Tatiane Garcia disse...

Que prova Laurita...bom, melhoras pra seu irmão...sinceramente, seu dilema não é dos mais fáceis não!!!

Alessandra disse...

oi Laura..coisa séria isto que vc contou.Há coisas que só o tempo ameniza e responde.
Vim agradecer a visita ao meu blog,e dizer que assim que o livro estiver a venda,agora falta muito,muito pouco,lhe aviso,beijo no coração.

Cíntia Mara disse...

Laura, querida... Sinto muito pelo que aconteceu ao seu irmão e oro para que dê tudo certo e ele fique bem novamente.
Quanto a essas pessoas, enquanto é com o outro é muito fácil usar a mente de Cristo e dizer que o certo é estender o perdão. Mas não somos perfeitos, é difícil perdoar alguém que fez mal a quem você ama. O que precisamos fazer é levar todo pensamento cativo a Jesus e pedir a Ele que nos ensine.

Beijos

Genilda Silva disse...

É mesmo uma situação muito difícil. Não ouça a voz da revolta, ouça a voz de Deus, por mais difícil que isso pareça numa hora dessas. Que em nome de Jesus, seu irmão se recupere completamente.

http://princesas-de-deus.blogspot.com/

Ao toque do Amor disse...

Olá, vim te visitar e te oferecer um presente exclusivo, que estou oferecendo aos meus seguidores. Esta em selos pra você - ao lado esquerdo
E também o selo do dia do amigo - postagem atual
com carinho
san

Postar um comentário

obrigada por visitar e comentar, Deus te abençõe!