Postagens em destaque

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Glória Perez diz em blog: “se tornou final de carreira para psicopatas assassinos, virar pastor”

A autora Glória Perez usou seu blog para criticar a nova atividade de Guilherme de Pádua, assassino de sua filha, Daniela Perez, que virou pastor de uma igreja evangélica em Minas Gerais.
Para falar de Pádua, Glória Perez também usou como exemplo de “impunidade” o assassino da menina Miriam Brandão, que foi queimada por seqüestrados por supostamente ter chorado no cativeiro. “Um dos seus assassinos, o Wellington, teve a pena extinta e virou pastor: já é dono de três igrejas! Sequestrou, incendiou viva uma criança de 5 anos, e hoje ganha a vida contando seu feito!”, escreveu a autora.
Glória complementou sua revolta da seguinte forma: “Aliás, Guilherme de Pádua também [é pastor]! Com todo respeito aos fiéis iludidos, parece que se tornou final de carreira para psicopatas assassinos, virar pastor!”, declarou Glória Perez que finalizou. “Bem que Jesus podia voltar a Terra e expulsar de novo, a chicotadas, esses vendilhões do templo!”.
Daniela Perez tinha 22 anos quando foi assassinada por Guilherme de Pádua e sua mulher na época, Paula Nogueira Thomaz, no dia 28 de dezembro de 1992. Daniela foi morta com 18 golpes de tesoura.
Fonte: Quem

retirado do blog: libertos do opressor
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

14 comentários: on "Glória Perez diz em blog: “se tornou final de carreira para psicopatas assassinos, virar pastor”"

Tatiane Garcia disse...

Difícil situação...eu não sou ninguém para avaliar e julgar o q vai no coração desses homens, se arrependimento verdadeiro ou estão se escondendo atrás da fé...mas...dá pra entender a revolta dessa mulher. quem perdeu a filha brutalmente foi ela e novamente, eu não posso mensurar o tamanho dessa dor. Quer saber? não sei se eu conseguiria ser pastoreada por um desses homens...acho que não!

Alessandra disse...

vamos dizer o que?Deus é quem sabe de cada um...
*pra ti um beijo.

mag disse...

Oi querida eu creio que todos deveriam pagar pelo que fizeram, se convertendo ou nao, assim também e' o que diz a Palavra de Deus. Isso e' justiça! Agora de matar brutalmente a se tornar pastor, nao e' impossível, se a pessoa de fato e de verdade conheceu a Jesus, foi limpo do seu pecado. Sei que e' difícil para as pessoas entenderem isso, principalmente o familiar da vitima, mas que a pessoa e' limpa isso e'! Jesus veio para isso. bj grande.

Junior rocha disse...

Oi tudo bem? espero que sim.
Dei uma passada aqui no seu blog e gostei muito.
Eu so novo aqui no blog, se você puder visitar o meu e me da ums dicas agradeço.
Eu gostei muito do seu e me tornei membro.
se você puder me add no msn pra me da umas dicas te agradeço
junior.ostranet@hotmail.com
Graça e paz

Deus abençoe sempre

Descanso da Alma disse...

Fico com o mestre Chico Buarque,

"Saudade dói como arrumar o quarto, de um filho que já morreu."

É difícil avaliar a situação, muitos se arrependem de seus atos sem se converter, pois se formos parar pra pensar a cadeia serve pra isso mesmo não é.
Muitas vezes queremos vingança e não justiça, que é natural de todos nós.
Mas se olharmos juridicamente, o cidadão é isolado para que se recupere. Pelo menos deveria ser assim...

Mas a Glória ia ficar com ódio de Jesus se descobrisse que ele ama tanto, Daniela, como ela e como Guilherme e esposa. Que difícil paradoxo.


Paz e bem

Paulo Campos Jr disse...

Afinal de contas, qual é o motivo da insatisfação dela? Ela preferia que continuassem sendo psicopatas assassinos e matarem mais pessoas assim como mataram a filha dela?

Acho que dor e sofrimento é tudo que as pessoas querem para as outras depois de perderem alguém querido... Esse mundo podre e egoísta...

Alexandre Pitante disse...

Paz,

Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus lhe continue abençoando poderosamente.

Estou seguindo o vosso blog.

Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

Siga-nos também.

Fica com Deus.
Um abraço, Alexandre Pitante.

Júlıα disse...

Deus é que conhece o interior de cada um. É possível sim que assassinos realmente se arrependam e tenham uma nova vida e tragam pessoas para Jesus. Afinal, omicídio para Deus não é apenas matar fisicamente, o ódio também é considerado omicídio. Deus perdoou aqueles (nós) que mataram o Seu Filho, também é capaz de perdoar pessoas como Guilherme, se realmente estiver arrpendido. o caso é que as pessoas não veem como Deus vê.

Fique com Deus, amada. ;*
Espero sua visita lá no meu blog. :)

Ro Araujo disse...

Eu conheço muitos pastores cristãos de verdade, mas conheço muito mais pastores pilantras.
Usar o cristianismo para se esconder de um crime é fácil, vira pastorzinho de quinta e se considera salvo.
Todos nós somos passiveis de erro e perdão, mas temos que aceitar as consequencias, e a consequencia deste assassino era cumprir pena, pedir perdão, mas não iludir pessoas humildes com "possível conversão" se ele se converteu de verdade, ótimo para ele, mas não precisa ir a programas se promover ou viver de contar a história de um crime.
Os pastores deveriam ser portadores da Palavra e na maioria das vezes se acham a própria Palavra,pena destes, Deus agirá!!!

Cíntia Mara disse...

Muito interessante esse post.

Entendo perfeitamente o ponto de vista dela. Não deve ser fácil pra quem perdeu uma filha da forma como Daniela foi morta acreditar em tamanha mudança de vida. Não que eu duvide do poder de Deus pra transformar uma pessoa. Mas, sinceramente, me incomoda um pouco pensar que qualquer dia desses posso me encontrar com um assassino no púlpito. Não conhecemos o coração das pessoas pra saber se elas mudaram de verdade ou se só estão representando! Tá certo que qualquer um pode fingir e que o pecado do assassino não é maior que o meu pecado. Mas é uma situação complicada... Acho que, para a pessoa que cometeu o crime, essa é uma consequência do erro ao qual não pode fugir.

Bjos

Débora disse...

Olá querida, a Paz do Senhor Jesus. Quanto tempo que não passo por aqui!
Mudanças me deixaram um pouco sem tempo. Nem no meu blog tenho postado muito.
O Senhor me abençoou grandemente. Abriu uma porta que nem imaginava estar em Seus planos. Claro, os dEle sempre são maiores do que os nossos não é mesmo?!
Somente agora fiquei sabendo dos momentos de tristeza que passou. Mas sei que o Deus que vc serve também é conhecido por consolar os seus filhos amados.
Que o Senhor jamais deixe de ser o centro da sua vida.
Existimos para louvá-Lo, e transmitir ao mundo as boas-novas... no nosso caso, (também) através dos blogs.

Graça e Paz amada.

Débora - Blogando para Jesus.

http://osenhorpresenteesta.blogspot.com/

VAN....Escrevendo para JESUS disse...

Pessoas que não conhecem Jesus não entendem a obra!!
Somente o Senhor pode fazer novas todas as coisas.. E o homem que antes era ladrão, assassino PODE SIM ser vitrine de Deus de uma vida nova e abençoadora....

Anônimo disse...

Mag, a vitima CONTINUA MORTA. Isso nao pode ser reparado, por mais que vc diga que fulano se arrependa e aceite um Jesus qualquer. Isso nao se limpa.

Anônimo disse...

Van,

Quando alguem matar um membro de sua familia, e depois esse alguem se converter e virar pastor, quero ver se vc vai manter o que acabou de escrever.

Postar um comentário

obrigada por visitar e comentar, Deus te abençõe!